CEZAR CANDUCHO

domingo, 11 de outubro de 2015

Brasil e Colômbia firmam acordos para tecnologia e inovação - O ministro colombiano de Tecnologias da Informação e das Comunicações, David Luna, subscreveu nesta sexta-feira (9) uma carta de intenções para estabelecer com o Brasil uma cooperação em tecnologias da informação (TI), durante visita da presidenta Dilma Rousseff a Bogotá. O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Celso Pansera, já havia assinado o documento, levado ao país vizinho pela delegação diplomática nacional.

Os presidentes Dilma Rousseff e Juan Manuel Santos em anúncio à imprensa. Entre os atos de cooperação aprovados está carta de intenções assinada pelos ministros Celso Pansera e David Luna.
Os presidentes Dilma Rousseff e Juan Manuel Santos em anúncio à imprensa. Entre os atos de cooperação aprovados está carta de intenções assinada pelos ministros Celso Pansera e David Luna.

A carta de intenções tem por objeto constituir uma base de compromissos que possibilite linhas de trabalho conjuntas a partir de competências e experiências dos dois países em TI. As parcerias podem envolver capacitação de pessoal, educação e pesquisa, desenvolvimento e transferência de tecnologia. Cabe a representantes dos ministérios discutir um plano com os termos das atividades.

O Programa Estratégico de Software e Serviços de Tecnologia da Informação (TI Maior) deve ser um dos instrumentos da colaboração, por meio da plataforma digital Brasil Mais TI, voltada à capacitação de recursos humanos na indústria, e do programa Start-Up Brasil, que mobiliza o ecossistema empreendedor para atuar no setor. Pelo lado colombiano, a referência é o programa MiPyme Digital, de apoio a micro, pequenas e médias empresas.

A parceria se estende a desenvolvimento de ações de apoio à governança da internet; promoção de boas práticas de governo eletrônico e aberto, incluindo o compartilhamento de experiências em políticas de software público; e levantamento, produção, pesquisa e análise de dados e indicadores.

Brasil e Colômbia se comprometem a facilitar o intercâmbio de delegações, em conferências, exposições, feiras, seminários ou qualquer outra atividade que se desenvolva com o fim de alcançar o objetivo proposto; e a oferecer insumos técnicos e humanos necessários para concretizar intenções do documento.
 

Fonte: MCTI

Nenhum comentário: