CEZAR CANDUCHO

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Líder do PSDB no Senado confessa: "Fernando Henrique fez pedaladas” - Como disse o líder do governo, o deputado José Guimarâes (PT-CE), as liminares do Supremo Tribunal Federal (STF), que barraram o golpe contra o mandato da presidenta Dilma Rousseff, deixou a oposição perdida. Isso porque o líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima (PB), confessou durante sessão nesta quinta-feira (15), que "o Fernando Henrique fez pedaladas”.

Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) admitou pedaladas durante sessão nesta quinta (15)

Advertido pelo senador Jorge Viana (PT-AC) que frisou: “vai dar manchete amanhã”, o tucano tentou, sem sucesso, remendar a confissão dizendo que FHC fez pedaladas, mas “não fez a suplementação”.

Em seguida, percebendo o tamanho do vacilo, ele disse: “Pode ter feito”. Mas não teve jeito. Vendo que o remendo piorou a situação, ele afirmou: “Não, não afirmei. O que eu estou dizendo é que ele não fez o crédito suplementar”.

A declaração do senador tucano reforça as argumentações apresentadas pelo governo ao Tribunal de Contas da União (TCU) de que os atrasos nos repasses aos bancos públicos para pagamentos da União aconteciam desde 2001, portanto, durante o governo de FHC, o que não poderia justificar a rejeição das contas.

Cássio é um dos porta-vozes do golpismo e tenta usar a recomendação de rejeição das contas pelo TCU – fato resultante da contaminação da polarização política no tribunal - como motivo para abrir um processo de impeachment.



Do Portal Vermelho, Dayane Santos

Nenhum comentário: