CEZAR CANDUCHO

Minha foto
TERRAS ALTAS DA MANTIQUEIRA., MG, Brazil

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

PTMG - Encontro Regionais “PT na Luta por Minas e pelo Brasil”


Durante os dois primeiros finais de semana, o Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores, junto dos coordenadores regionais realizaram a segunda rodada dos Encontros Regionais “PT na Luta por Minas e Pelo Brasil“. Durante os 20 encontros realizados membros do diretório nacional, deputados estaduais e federais, representantes do governo de Minas e governo federal, prefeitos, vereadores, lideranças e filiados. Uma das marcas dos encontros foi à unidade partidária em defesa da democracia e dos governos de Minas e do Brasil.
No primeiro final de semana de encontros, tivemos a presença do presidente nacional do PT, Rui falcão na regional do Sul de Minas, na cidade de Itajubá. O presidente do PT enfatizou a atuação dos militantes e criticou a postura antidemocrática e pediu para que todos os apoiadores não faça o jogo da mídia.
No último final de semana, a presidenta do PTMG, Cida de Jesus, agradeceu a todos os presentes em nome da executiva estadual, afirmando que a participação de todos foi o que engrandeceu as regionais.  “A união das forças do partido em torno do fortalecimento do PT, de enfrentar o retrocesso e combater o ódio com as armas da democracia, é a marca do PT. Em nome da Executiva Estadual, quero agradecer a cada um e a cada uma pela presença, participação e toda a colaboração para que esses encontros pudessem acontecer. Essa mobilização nos mostra que o PT está vivo e vamos para as ruas com os movimentos sociais e sindicais, partidos aliados para defender o PT, os governos eleitos democraticamente e os programas sociais que mudaram o país e mudando Minas.”, disse Cida de Jesus.
Encontro Regional Metropolitana.
Durante o encontro da região Metropolitana, estiveram presentes 22 cidades do entorno metropolitano, e foi à plenária que finalizou a segunda rodada dos encontros regionais no estado, que aconteceu na sede do PTBH, em Belo Horizonte.
Na mesa principal do encontro estavam à presidenta do PTMG, Cida de Jesus; o deputado estadual, secretário de comunicação, Ulysses Gomes; o deputado estadual e líder do governo na ALMG, Durval Ângelo; o deputado estadual e líder da bancada, Rogério Correa; o deputado estadual Paulo Lamac; a deputada estadual Cristina; o deputado federal Reginaldo Lopes; a vice-presidente do PT nacional Gleide Teixeira; a vereadora Adriana da cidade de Vespasiano e a vereadora de Santa Luzia, Suzane; presidentes de diretórios municipais; Secretário adjunto de educação, Carlão Pereira; o Secretário adjunto de Cultura, Bernado da Mata Machado e o secretário de Trabalho e Desenvolvimento Social, André Quintão.
Na abertura dos trabalhados, a presidente do PT MG Cida de Jesus, convidou e parabenizou os novos filiados que estavam na plenária para que fossem a frente e todos receberam uma salva de palmas.
Durante sua fala a presidenta do diretório, ela reforçou o papel histórico da militância petista e convidou a todos para seguirem firmes na luta pela democracia.
Cida também disse que nesse ano além da primeira rodada também aconteceram o Congresso Estadual e Nacional, os Fóruns Regionais de Governo e finalizando com a segunda rodada dos encontros com uma pauta politica. “Analisando a conjuntura, debatendo a conjuntura e quais são os desafios dessa conjuntura que devemos enfrentar ação partidária e os desafios que nós temos ai para 2016”, disse a presidenta.
O deputado estadual e secretário de comunicação do PTMG, Ulysses Gomes durante a sua fala no encontro, colocou em pauta as dificuldades encontradas na comunicação e afirmou para os presentes que a comunicação é uma via de mão dupla, que o apoio e o auxilio na divulgação de todos os materiais disponibilizados pelas páginas oficias do partido é de suma importância. “No dinamismo do nosso site, na multiplicação das nossas ações, agora sem dúvida nenhuma independente da condição que a gente for capaz de criar para aumentar a nossa comunicação, a nossa estrutura, nós sempre vamos ficar dependente da interação a comunicação. Hoje tem esse viés de mão dupla, ou a mão dupla funciona ou você pode ter uma maquina de comunicação que não vamos ter condição com o dinamismo que é hoje”, disse Ulysses.
O secretário relembrou também de algumas dificuldades que a comunicação passou no ano, mas afirmou que a demanda de solicitações de notas, pedidos de respostas e acompanhamento da comunicação em geral estão ativas e que não tem dúvidas em afirmar que o partido está sendo feito por todos os meios que são nos proporcionados. “Eu não tenho dúvida em afirmar que naquilo que diz respeito ao posicionamento do partido, ao conteúdo, nas ações prioritárias, que seja através do partido, da bancada federal e estadual, do governo, nós enquanto direção e comunicação do PT estamos fazendo isso”, afirmou Ulysses Gomes,
Dos presentes na mesa principal, estava Carlão Pereira, Secretário adjunto de educação, que junto do ministro de Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, que foram verbalmente agredidos na semana passada em um bar na capital mineira, onde os mesmo estavam acompanhados de suas companheiras. Carlão agradeceu em nome dele, do ministro e esposas o apoio e carinho que vem recebendo de todos e com a certeza que não irão desistir dessa e de muitas outras lutas.
Assessoria de Comunicação PTMG
***
***
***
Juventude do PT divulga a programação do 3º ConJPT.



Os jovens petistas que vão participar do congresso devem ficar atentos às orientações sobre o que levar ao encontro, como produtos de higiene pessoal, além de colchonetes e demais artigos para dormir.
O 3º Congresso Nacional da Juventude do PT (3º ConJPT) acontece entre os dias 19 e 22 de novembro, em Brasília (DF), e deve reunir mais de 600 jovens petistas para discutir os rumos da juventude do partido, além de eleger a nova direção da JPT.
A abertura oficial do 3º ConJPT acontecerá na sexta-feira (20), às 9h. Mas antes, na quinta-feira (19), a partir das 15h, será o momento de credenciamento e recepção das delegações vindas de todas as partes do Brasil. Neste dia, também terá início as oficinas culturais e o CinePT, promovidos pela Fundação Perseu Abramo (FPA).
Como o tema principal do 3º Congresso é a luta contra o extermínio da juventude negra, não podia faltar a plenária de auto-organização Negros e Negras, da JN13, que será às 13h do dia 20, dia da Consciência Negra.
Além disso, às 20h, a JPT organiza um ato “Juventude viva – Contra o extermínio da juventude negra”. O ato deve contar com a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidenta Dilma Rousseff, ainda a confirmar.
“O jovem negro no Brasil ainda sofre um processo altíssimo de violência e acaba sendo exterminado dos espaços de vivência. Precisamos e estamos nessa luta para que o jovem negro possa viver. O PT e os governos precisam colocar isso como prioridade em todos os espaços e construções possíveis”, destaca o secretário nacional da juventude do PT, Jefferson Lima, explicando o motivo da escolha do tema.
Também haverá plenárias de auto-organização dos jovens LGBT e das mulheres, no dia 21. Os debates em grupos temáticos acontecerão no terceiro dia do Congresso e no dia 22 os jovens petistas participam da plenária final do 3º ConJPT.
Orientações aos participantes – A comissão organizadora do 3ConJPT destaca algumas orientações básicas às delegações que irão ao Congresso. É preciso levar produtos de higiene pessoal, além de colchonetes, lençol, travesseiro, cobertores e demais artigos para dormir.
Além disso, o Minas Brasília Tênis Clube, local do evento, conta com espaço para barracas de camping,
Lembrando que o clima de Brasília é seco, mesmo nessa época de chuvas. Por isso, é importante garantir sua garrafinha de água.
Jornada Solidária – A juventude do Partido dos Trabalhadores também organiza uma jornada solidária durante o 3º ConJPT, com o intuito de arrecadar roupas para as vítimas da tragédia de Mariana (MG) e livros a serem doados a bibliotecas populares na periferia de Brasília (DF).
“É importante que cada companheiro e companheira que vai participar do Congresso traga livros e roupas para essa jornada solidária”, ressalta Jefferson Lima.
Além dos delegados e participantes do 3º ConJPT, qualquer pessoa pode doar. Basta passar no local do Congresso entre os dias 19 a 22 de novembro e fazer a doação. Mas atenção: as roupas destinadas para Mariana (MG) serão recolhidas pelo exército brasileiro no sábado (21).
Fonte e imagem: Agência PT de Notícias
***
***
***
Comissão das Barragens começa apuração da tragédia.



Após eleger os deputados Agostinho Patrus Filho (PV) e João Magalhães (PMDB) na manhã desta segunda-feira (16/11), respectivamente aos cargos de presidente e vice-presidente, a Comissão Extraordinária das Barragens realiza nesta terça-feira (17/11) uma audiência pública na Assembleia Legislativa, a partir das 9h.
Por prerrogativa regimental, Agostinho Patrus afirmou que o deputado Rogério Correia (PT) vai ser designado por ele o relator dos trabalhos, que podem se estender até o final de 2016.
A audiência pública contará com a presença de parlamentares federais, integrantes da Comissão Externa criada na Câmara dos Deputados, que também tem o objetivo de apurar as causas, impactos e consequências da tragédia socioambiental ocorrida em Mariana, no dia 5 de novembro.
Para acelerar suas atividades, os integrantes da Comissão, formada por 11 deputados efetivos e 11 suplentes, decidiram reunir-se na tarde de segunda-feira e traçar uma agenda mínima de tarefas que deverão ser cumpridas nos próximos dias. Agostinho Patrus propôs que sejam definidas a dinâmica dos trabalhos, debates, visitas aos locais atingindos pelo desastre e as reuniões avaliadas como necessárias a curto prazo.
Alguns consensos estão estabelecidos entre os parlamentares: a Comissão Extraordinária tem o desafio de mostrar rapidez na apuração. “Estamos diante do maior desastre ambiental ocorrido no País nas últimas décadas, e um dos maiores do mundo”, ressaltou o presidente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, deputado Cássio Soares (PSD), reproduzindo o que vem sendo dito por representantes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Minas tem 753 barragens de rejeitos minerários e apenas 250 são fiscalizadas, afirmam os técnicos da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam).
Os parlamentares concordam, ainda, que os prejuízos causados às famílias e ao meio ambiente são maiores do que inicialmente previstos, e o que por isso torna-se imprescindível que os poderes públicos, incluindo o Legislativo, dominem as informações sobre o fato.
Um exemplo das dimensões da catástrofe foi mencionado por um dos membros da comissão, segundo o qual 29 cidades, além de Mariana, foram atingidas pelo mar de lama de rejeitos das barragens rompidas. Governador Valadares, cidade com mais de 250 mil habitantes, vem vivendo o drama de ficar sem abastecimento de águá potável, após a contaminação do Rio Doce e seus afluentes pelos rejeitos minerários.
Em relação aos desdobramentos da tragédia, o líder do Governo, deputado Durval Ângelo (PT), propõs que seja feita uma audiência pública no município de Linhares, que está na rota do Rio Doce e cuja população foi atingida pelo desastre ambiental. Essa reunião será realizada como parte da agenda de visitas às cidades pautadas pela Comissão.
A deputada Celise Laviola (PMDB) relatou que a situação é dramática e que um comitê de gerenciamento de crise foi criado em Governador Valadares para auxiliar no atendimento às vítimas, em especial as que sofrem com a falta de abastecimento de água naquela região.
O deputado Rogério Correia (PT) ponderou que o Estado precisa da mineração, mas que é preciso verificar as condições em que essa atividade vem sendo feita nas últimas décadas, utilizando tecnologia ultrapassada, substituídas em outros estados do País por processos mais avançados, sem utilização da água. Para ele, o mais importante, agora, é cuidar dos desabrigados e investigar as responsabilidades da Samarco.
Ao final, o deputado Durval Ângelo (PT) defendeu a imparcialidade dos deputados da comissão. “Faremos um trabalho que representa uma colaboração modesta às instituições que têm competência para punir e julgar no caso. A ALMG não é o centro da problemática, mas cumpriremos nosso papel de conhecer a realidade a atuarmos como uma grande ouvidoria da população”, afirmou.
Fonte e imagem: Minas Melhor
***
***
***
3º ConJPT presta homenagem a José Eduardo Dutra.



Zé Eduardo, como era conhecido, foi presidente do Partido dos Trabalhadores e faleceu no dia 4 de outubro desse ano.
O 3º Congresso Nacional da Juventude do PT (3º ConJPT) vai homenagear o ex-presidente do Partido dos Trabalhadores, José Eduardo Dutra, que faleceu no dia 4 de outubro desse ano.
“José Eduardo Dutra foi um companheiro que desde a sua luta no movimento sindical sempre trabalhou pelo fortalecimento da juventude no Brasil. A sua trajetória de luta no PT e na sociedade é referência para nosso partido e serve como exemplo para nossa juventude”, afirma o secretário nacional da JPT, Jefferson Lima.
Segundo Jefferson, a homenagem da juventude petista a Dutra “é um simples gesto de agradecimento a esse grande guerreiro do nosso País”.
José Eduardo de Barros Dutra nasceu no Rio de Janeiro, em 11 de abril de 1957. Foi presidente do Sindicato dos Mineiros do Estado de Sergipe (Sindimina), de 1989 até 1994 e dirigente nacional da Central Única dos Trabalhadores, de 1988 até 1990.
Em 1994, foi eleito senador da República pelo Estado de Sergipe.
Foi presidente da Petrobras de 2003 a 2005. Retornou à Petrobrás como presidente da Petrobras Distribuidora, de 2007 a 2009. Deixou o cargo para disputar a presidência do Partido dos Trabalhadores, sendo eleito para o biênio 2010-2012.
Quando faleceu, em 4 de outubro de 2015, Dutra era primeiro suplente do senador Antônio Carlos Valadares (PSB/SE).
Fonte e imagem: Agência PT de Notícias

Nenhum comentário: