CEZAR CANDUCHO

Minha foto
TERRAS ALTAS DA MANTIQUEIRA., MG, Brazil

sexta-feira, 11 de março de 2016

PTMG - Governo deve encaminhar à ALMG novo projeto dos professores.


Atendendo a um pedido dos deputados da bancada do PT na Assembleia Legislativa, o governador Fernando Pimentel retirou o projeto de lei que previa, em forma de abono, o reajuste do piso nacional da Educação para os professores do estado. “O que acordamos com os professores foi um reajuste no salário base da carreira e não um abono. Portanto, após sinalização do sindicato o governador Pimentel rapidamente retirou o projeto e deve encaminhar nos próximos dias, um novo documento”, disse o deputado Rogério Correia (PT).
De acordo com o líder do governo no parlamento mineiro, deputado Durval Ângelo (PT), o estado vai manter o diálogo com o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais para alinhar o acordo e definir o novo projeto de lei.
Para a presidente do Sind-UTE, Beatriz Cerqueira, a atitude do governo foi correta, já que o projeto de lei anterior não atendia às demandas apresentadas pela categoria.
Fonte e imagem: Minas Melhor
***
***
***
Polícia prende suspeito de mandar matar o prefeito de Ouro Verde de Minas.



A Polícia Civil prendeu hoje, 10/3, o vereador Zilmar (PTB), suspeito de mandar matar o Prefeito de Ouro Verde de Minas, Gezinho(foto). A prisão é temporária.
No dia 2 de maio do ano passado, o prefeito da cidade do Vale do Mucuri, Geraldo José Luiz Lima, foi alvo de um atentado em um sítio de sua família e atingido por cinco tiros. Gezinho foi cercado por dois homens armados em uma moto, que atiraram à queima-roupa e fugiram em alta velocidade.
Na manhã desta quinta, 10, o vereador Zilmar(PTB) foi preso pela Polícia Civil de Teófilo Otoni como suspeito de ser o mandante do crime contra o prefeito Gezinho, de Ouro Verde de Minas. Ele também é investigado por ameaçar e coagir testemunhas do crime.
A prisão do possível mandante do crime confere mais que alívio para ele, sua família e para o PT. É a certeza de que crimes de ódio e de disputas pelo poder não passarão impunes em nosso Estado.
Desde o atentado, o PT Estadual acompanha este e outros dois casos de atentados contra prefeitos do PT em Minas (Ressaquinha e Ibiracatu), cobrando providências da Polícia e do Judiciário. O PTMG confia que o Governo Fernando Pimentel irá garantir um estado livre de praticas violentas e respostas firmes em relação aos atentados, com punição dos responsáveis.
Aguardaremos a conclusão do inquérito e continuaremos cobrando punição exemplar para os pistoleiros e mandantes desses crimes. Confiamos na força de nossas instituições democráticas para manter a decisão popular acima da força e da violência.
Força Gezinho!
Partido dos Trabalhadores de Minas Gerais – PTMH
***
***
***
Margarida Salomão e bancada feminina entregam moção de afastamento de procurador.



A deputada federal Margarida Salomão (PT-MG) entregou na tarde desta quarta-feira (9), no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), em Brasília, a moção de afastamento do procurador Douglas Kirchner. O documento, assinado pela parlamentar juiz-forana e pela bancada feminina na Câmara dos Deputados, foi recebido pelo corregedor geral do CNMP, Cláudio Portela.
Kirchner é acusado pela ex-mulher de agressão, cárcere privado e de ter mantido-a sem comida, além de constantes humilhações. O caso aconteceu em Rondônia, em 2014, e deu origem a um processo administrativo contra o procurador. Após a deflagração do processo, o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, transferiu Kirchner para o Distrito Federal.
Para a parlamentar mineira, a luta contra a violência à mulher deve ser realizada em todas as frentes. “É inconcebível que o procurador Kirchner se mantenha ativo no cargo, recebendo todos os seus vencimentos, enquanto é acusado de um crime terrível. Nós, da bancada feminina, queremos afastar o procurador de seu cargo de autoridade, enquanto correm as investigações.”
Estiveram presentes na reunião com o corregedor geral as deputadas federais Margarida Salomão (PT-MG), Moema Gramacho (PT-BA), Benedita da Silva (PT-RJ), Erika Kokay (PT-DF), Professora Marcivânia (PT-AP) e Ana Perugini (PT-SP). O documento será julgado pelo Conselho Superior do Ministério Público na próxima segunda-feira (14) e na corregedoria na próxima terça-feira (15).
Fonte: Assessoria de Comunicação Deputada Federal Margarida Salomão.

***
***
***

Acordo com Educação amplia vagas para profissionalização em Saúde.


Ação faz parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e deve envolver unidades de ensino públicas e privadas em todo o país.
Os ministérios da Saúde e Educação assinaram nesta quarta (9/3), no Palácio do Planalto, acordo inédito de cooperação técnica para ampliar a formação e oportunidade de trabalho na área da Saúde para trabalhadores de nível médio e técnico. O ato ocorreu na presença da presidenta Dilma Rousseff durante solenidade que marcou o anúncio da oferta, neste ano, de 2 milhões de vagas para o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), em parceria com as entidades do Sistema S. O acordo entre os ministérios da Educação e Saúde integra o pacote de ações e prevê a oferta de vagas em cursos de educação profissional e tecnológica no âmbito da Bolsa-Formação Trabalhador.
“Estamos hoje aqui criando não só um caminho de oportunidade para milhões de brasileiros e brasileiras, estamos criando um caminho para o próprio país. O país precisa desse investimento para ultrapassar este momento e voltar a crescer; e voltar a crescer sempre com melhor qualidade, com maior capacidade de inovação. É isso que nós queremos: mais e melhor”, destacou a presidenta Dilma Rousseff.
A cooperação com o Ministério da Educação é um importante passo para ampliar e qualificar a força de trabalho e melhorar o atendimento nos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, a ação vai levar mais profissionais capacitados para atuar nas regiões mais necessitadas, principalmente nas cidades do interior. Podem participar do processo de formação estudantes com nível médio e profissionais de saúde.
Para a formação desses futuros profissionais estão previstos, de acordo com o catálogo do MEC, os cursos de nível técnico e formação inicial e continuada relacionados à área da Saúde, entre eles os de Agente Comunitário de Saúde e de Combate às Endemias, Vigilância em Saúde, Técnico de Saúde Bucal, Imobilizações Ortopédicas, Órteses e Próteses e Radiologia.
Atualmente, o Ministério oferta cursos por meio de 40 escolas técnicas do SUS. A cooperação com o Ministério da Educação vai ampliar a oferta para mais 63 instituições federais da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, além das instituições do Sistema S (Senac, Sesi, Senar, Senat e Sebrae), filantrópicas e privadas.
“É fundamental essa entrada do Ministério da Saúde no Pronatec, pois não apenas vai ampliar as oportunidades para aqueles que se qualificarem como profissionais de Saúde – tanto nas capitais como no interior do Brasil -, como também vai melhorar a qualidade do atendimento no SUS em áreas importantíssimas”, afirma o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Hêider Pinto, que esteve presente ao ato no Planalto.
A inserção do Ministério da Saúde no Pronatec irá propiciar que o SUS e a população sejam beneficiados com mais profissionais de saúde qualificados em programas prioritários – como Brasil Sorridente, Rede de Urgências, Atenção Básica, oncologia e Vigilância em Saúde para enfrentar vetores como o Aedes aegypti, transmissor do Zika vírus.
JOVENS E ADULTOS – Segundo o Ministério da Educação, do total de vagas ofertadas no Pronatec para este ano 372 mil são para cursos técnicos e cerca de 1,6 milhão para cursos de qualificação profissional. Um dos destaques para 2016 é o fortalecimento do Pronatec EJA: jovens e adultos que tenham interrompido seus estudos poderão participar do programa com aproveitamento de suas experiências anteriores de trabalho e ensino. Os estudantes poderão ainda optar pelo e-Pronatec, por meio do qual vão estudar onde e quando quiserem usando plataformas digitais, simuladores, animações e outros métodos de aprendizagem online. De acordo com o MEC, de 2011, quando o Pronatec foi criado, até o ano passado, foram contabilizadas 9,4 milhões de matrículas nos cursos técnicos e de qualificação profissional inseridos no programa.
***
***
***
Nota sobre pedido de prisão preventiva.

O promotor paulista que antecipou sua decisão de denunciar Luiz Inácio Lula da Silva antes mesmo de ouvir o ex-presidente dá mais uma prova de sua parcialidade ao pedir a prisão preventiva de Lula. Cássio Conserino, que não é o promotor natural deste caso, possui documentos que provam que o  ex-presidente Lula não é proprietário nem de triplex no Guarujá nem de sítio em Atibaia, e tampouco cometeu qualquer ilegalidade. Mesmo assim, solicita medida cautelar contra o ex-presidente em mais uma triste tentativa de usar seu cargo para fins políticos.

Nenhum comentário: