CEZAR CANDUCHO

sábado, 9 de julho de 2016

Deputado que soltou confete no golpe tem mandato cassado pelo TRE.

 


A decisão deve ser publicada na segunda-feira (11) no Diário da Justiça Eleitoral e cabe recurso. De acordo com o Procurador Regional Eleitoral do Pará, Bruno Valente, pareceres técnicos do TRE apontaram abuso de poder econômico. O procurador afirma que as omissões na prestação de contas impedem a verificação da regularidade da campanha.

“E mais, demonstram total desprezo com a demonstração de regularidade, uma vez que foram identificadas despesas não contabilizadas e, consequentemente, sem comprovação da origem dos recursos arrecadados (caixa dois)”, diz o procurador no processo.

Entre as irregularidades que motivaram a decisão estão o recebimento de recursos financeiros para campanha, oriundos de fontes não declaradas bem como a omissão na declaração. A relatora da representação foi a Juíza Federal Lucyana Daibes Pereira. O processo foi aberto após o Ministério Público Eleitoral entrar com representação referente aos gastos da campanha eleitoral de 2014.

Wladimir Costa é um dos parlamentares que durante as sessões de votação do impeachment na Câmara dos Deputados gostava de usar de bravatas e gritos para dizer que combatia a corrupção. Durante o discursos na sessão que aprovou o pedido de impeachment da presidenta Dilma chegou a estourar um rojão de confetes no plenário.


Do Portal Vermelho, com informações de agências

Nenhum comentário: