CEZAR CANDUCHO

Minha foto
TERRAS ALTAS DA MANTIQUEIRA., MG, Brazil

terça-feira, 2 de agosto de 2016

“Rock da Ditadura” estreou nos atos fascistas de domingo.

doidos capa

Foi um fim de domingo divertido. Nem sabia que havia protesto na avenida Paulista. Mas como aos domingos, por residir lá perto, costumo ir com minha mulher, minha filha Victoria, minha cunhada e sobrinha passear na avenida fechada, dei de cara com ato convocado pelo grupo fascista “Vem Pra Rua”.
Minha cunhada, que não gosta de política, não acompanha, prefere manter distância, quase caiu sentada quando viu as faixas pedindo a volta da ditadura militar.
“Eles estão querendo a volta do militarismo?!! Que loucuuura!!”
Enfim, fomos andando e apreciando as cenas de sempre, aquele bando de doidos fantasiados de verde-amarelo. Muitos idosos, alguns mais jovens, porém igualmente esquisitões. Discursos virulentos, aos berros, denunciando como o Brasil é “comunista”.
A manifestação deles foi um rotundo fracasso. A avenida só não estava mais vazia porque o público que a frequenta no domingo caminhava por ali, porém tratando de passar bem longe dos malucos.
Confesso, porém, que fiquei surpreso com o grupo de umas duas dezenas de senhores idosos e com sotaque que não pude identificar que denunciavam a “islamização do Brasil”. Porém, haveria surpresa maior logo ali na frente.
O grupo musical vestido com roupas camufladas que militares usam na selva cantava, em cima de um trio elétrico, um “rock” em que pedia “independência ou morte” e “intervenção militar”. Como caí na gargalhada, o vocalista meu olhou tão feio que pensei que desceria do caminhão pra brigar.
Abaixo, o vídeo do show que aqueles palhaços deram na avenida Paulista no domingo. Ria muito. E depois chore, pois há quem leve esses imbecis a sério. Inclusive no Congresso Nacional, no Judiciário, na mídia etc.

Nenhum comentário: