CEZAR CANDUCHO

Minha foto
TERRAS ALTAS DA MANTIQUEIRA., MG, Brazil

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Moro, Carlos Fernando e Igor de Paula agem como "bocas de urna" e prendem Guido Mantega às vésperas das eleições.




Por Davis Sena Filho — Palavra Livre


"Não basta perseguir, oprimir e ser injusto. Tem de humilhar. Guido Mantega preso. Eike Batista solto. Trata-se do Brasil da Vara do Moro e da Lava Jato. E todo mundo é idiota, mesmo o Sérgio Moro a rapidamente soltá-lo, porque, indelevelmente, uma prisão vergonhosa, estúpida e arbitrária. Mantega, agora solto, deveria processar tal juiz de primeira instância". (DSF)

A prisão temporária de Guido Mantega, por supostamente ter pedido ao Eike Batista quase R$ 5 milhões para a campanha do PT, mas, por sua vez, Guido não pediu diretamente ao empresário "falido" e incompetente, considerado por muitos dos acionistas de suas empresas como golpista e irresponsável, na verdade tal ação é uma boca de urna contra o PT, nas vésperas das eleições municipais".

O juiz Sérgio Moro, o procurador Carlos Fernando e o delegado Igor de Paula são "cabos eleitorais" do PSDB, do DEM e até mesmo do PMDB, que está a usurpar o poder central por meio de um golpe de estado bananeiro — terceiro-mundista. Enquanto isto o "falido" Eike, que sempre viveu de vender papéis podres e ferrou com seus sócios e acionistas continua soltinho da silva, a agradecer ao juiz, ao procurador e ao delegado por estar em casa, a curtir sua mansão e a se banhar em sua gigantesca piscina. Fora a churrascada...

O esquema do Judiciário é este: delatou vai pra casa, conquanto entregue petistas. Porque cadeia no Brasil somente foi feita para os membros do PT, a não importar se os filiados do PSDB, como o Aécio Neves, "campeão de delações", e José Serra, delatado pelo Marcelo Odebrecht e pelo Leo Pinheiro (OAS), estão enterrados até o pescoço com esquemas de propinas e lavagem de dinheiro, conforme relatos de delatores, além das notícias, inclusive difundidas pela imprensa de negócios privados, a que deseja impor sua agenda econômica e política ao Brasil e a participar ativamente de golpes de estado desde os tempos de Getúlio Vargas.

Quando o Partido dos Trabalhadores, que foi demonizado, sistematicamente, e suas lideranças ficarem sem chances de disputar o poder, o consórcio golpista fecha a Lava Jato com os petistas dentro, joga a chave fora e, imediatamente, darão início ao rega-bofe e à pândega das privatizações das estatais, inclusive a Petrobras, e a dar fim nos programas de inclusão social, além das tentativas de retirar garantias e direitos trabalhistas e previdenciários. O que puderem tirar do povo, vão tirar, pois a ordem é financiar e bancar o mercado financeiro e atender aos interesses econômicos e geopolíticos da plutocracia e das oligarquias regionais.  

O ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, é exemplo emblemático do que falo. O economista sempre foi um cidadão e um profissional sério e que prestou relevantes serviços ao desenvolvimento do País. Ele foi retirado pela PF do Hospital Alberto Einstein, onde sua esposa estava a se preparar para realizar uma cirurgia com a finalidade de combater um câncer. Os meganhas resolveram fazer meganhagem e prendê-lo exatamente nesta hora. Não poderia ser diferente, para desrespeitá-los, causar-lhes sofrimento e permitir por intermédio da imprensa de mercado a difusão de suas ações arbitrárias e covardes.

Afinal, o uso do cachimbo faz a boca torta. É a praxe. Os costumes. Essa gente togada é excelente como cabo eleitoral para favorecer a direita, que no Brasil, a exemplo dos demotucanos, é i-nim-pu-tá-vel. Talvez esta desditosa realidade aconteça porque os tucanos golpistas sejam cidadãos acima do Código Penal e da Constituição, além de os brasileiros, evidentemente, serem tratados como "burros" ou idiotas. Só que não... Enganam-se.

Está todo mundo vendo e a observar que neste País atrasado e dominado há séculos por escravocratas, que não aceitam perder eleições, que "pau que bate em Chico NÃO bate em Francisco. A Justiça, o MPF e a PF são, indubitavelmente, partidários, parciais, arbitrários e resolveram criminalizar a política para, obviamente, favorecer um lado: o lado do PSDB e de seus aliados, que assumiram o Governo Federal de forma ilegítima, ilegal e criminosa, porque, reitero, no Brasil houve um golpe de estado travestido como se fosse constitucional. Dilma Rousseff não cometeu crime de responsabilidade. Portanto, impeachment sem dolo é golpe!

A caça ao PT e aos seus políticos é diuturna. O establishment está a efetivar uma cruzada política e ideológica para que Lula se torne inelegível em 2018 e não possa concorrer às eleições. Se possível, e se der, a Lava Jato vai tentar prendê-lo sem quaisquer provas, a basear-se, cretinamente, em suposições e "convicções", como afirmou o procurador Deltan Dallagnol, no decorrer do circo montado para que a imprensa corrupta e golpista se "deliciasse" por meio de seus holofotes e manchetes. Surreal, mas foi o que aconteceu.

Dallagnol não apresentou uma única prova contra Lula e mesmo assim o juiz americanizado, Sérgio Moro, aceitou a denúncia, que na prática não é denúncia, porque não se comprovou quaisquer crimes imputados ao ex-presidente Lula. Seu parceiro de Lava Jato, Roberson Pozzobon, também falou na coletiva, que mais parecia com uma pantomima ou um teatro de horrores, que não havia "provas cabais" contra o Lula, no que concerne ao triplex do Guarujá, que nunca pertenceu ao Lula, porque o líder trabalhista não o comprou, além de a família dele ter tido apenas cotas do imóvel, que nunca esteve no nome de Lula ou de sua esposa, Marisa, conforme comprova o registro cartorial.

Vivemos em uma ditadura imposta pelo Judiciário, sendo que neste período de quase três anos houve um golpe de estado. Golpe bananeiro, cucaracha e terceiro-mundista, que traduz e evidencia a cara e o focinho da classe média coxinha e da burguesia colonizada e endinheirada. Depois eles viajam, serelepes, para Miami e a fingir, hipocritamente, que são "chiques", "especiais", "inteligentes" e, o pior, "educados" e "civilizados". Porém, é puro verniz, porque suas essências são vazias, bárbaras e selvagens. Sem aspas. Durma-se com um barulho desse.

Guido Mantega foi preso e rapidamente solto pelo Moro, que o mandou prender sem provas e sem motivo para agir de forma tão violenta contra o ex-ministro da Fazenda, que nunca se envolveu com malfeitos. Eike Batista como acusador é o fim da picada. Ele apenas quer tirar o dele da reta e não vai medir consequências para escapar da cadeia. Esta é a triste realidade que o Brasil vivencia. E tem de ser assim para haver tanta injustiça, perseguição e violência cometidas por servidores públicos do Judiciário, que deveriam exatamente observar as leis e proteger a cidadania e preservar o Estado de Direito. 

O Brasil, com certeza, já vive sob a égide de um estado de exceção e sob a ditadura disfarçada do Judiciário e do oligopólio midiático, leia-se Globo". Até as eleições vai ter mais show de perversidade e perseguições. Guido Mantega é apenas um aperitivo. Lula é o alvo e não pode existir politicamente, pois, se existir, poderá ser novamente presidente. É isso aí.

***
***
***

*temer reconhece que golpe foi para efetivar política neoliberal derrotada nas urnas e vender o País.






Tenho dito, sistematicamente, no Palavra Livre, que o golpe de estado bananeiro e terceiro-mundista, a cara e alma da casa grande atrasada, irresponsável, perversa e provinciana, teve dois motivos principais: impor a agenda econômico-financeira neoliberal do PMDB/PSDB/DEM, derrotada quatro vezes consecutivas nas urnas e impedir que Lula possa vencer as eleições de 2018.

*michel temer é golpista, traiçoeiro e cometeu ações sórdidas. Homem medíocre, desleal e completamente desprovido de noção de nacionalidade e sentimento social, no que concerne ao desenvolvimento do Brasil e à conquista de sua independência e autonomia. *michel temer é o lixo político que já está na lata de lixo da história. O Amigo da Onça Usurpador e Traidor é fétido, hipócrita, calculista e covarde. 

Tal peçonha deveria estar presa, pois a cadeia é o lugar adequado para os prepostos, capitães do mato e fantoches da burguesia e da plutocracia nacional e internacional. Este golpista de marca maior não se importa de não poder sequer aparecer em público, nem que seja pela abertura de uma janela. Ele não tem voto, e sabe disso. Ele não tem carisma, e sabe disso. Ele não tem legitimidade, e sabe disso.

Ele não tem compromisso com o povo brasileiro, mas, sim, com as castas que já têm muito e tudo, que são os ricos e os muito ricos. Este sujeito desprezível, covarde e a malta que o acompanha e o apoia são predadores da Nação e os inimigos internos do Brasil, como sempre foram os inquilinos da casa grande escravocrata.

Não há problema para *michel temer fazer o papel de Judas, pois sua responsabilidade e obrigação é fazer com que seu programa de governo chamado de "Uma Ponte para o Futuro", que na verdade é "Uma Ponte para o Inferno", que não chega a lugar algum, seja colocado em prática, porque o propósito maior é desmontar o Estado nacional, vender suas empresas ao máximo que puder e retirar as garantias e os direitos sociais, trabalhistas e previdenciários, além de extinguir os programas de inclusão social implementados pelo PT de Lula e Dilma Rousseff. *temer e seus lacaios são o que se pode chamar de corja, e ponto final.

Veja o vídeo em que esse lacaio da casa grande de caráter traiçoeiro reconhece que ele e seu grupo de usurpadores deram, de fato, um golpe à moda cucaracha e bananeira, porque a verdade é que se trata de o Brasil lidar e ter de enfrentar esses bárbaros nas ruas e nos fóruns apropriados, porque se trata de selvagens golpistas que humilharam o Brasil perante seu povo e a comunidade internacional.  




*michel temer - o nome de tal peçonha é sempre escrito em minúsculo, por se tratar de um pigmeu moral, político, citadino e golpista.

*temer é também conhecido pelo vulgo Amigo da Onça —  Usurpador Traidor.

Golpista é palavra sinônima de *michel temer.

Golpismo é sua essência e razão.

Nenhum comentário: