CEZAR CANDUCHO

Minha foto
TERRAS ALTAS DA MANTIQUEIRA., MG, Brazil

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Dilma critica “PEC da Maldade” e rebate: Não tem gastança na educação.

 


"A PEC 241, que se for aprovada, vai ser de fato a PEC do mal... Os investimentos tanto na área da saúde e educação vão cair progressivamente em relação ao crescimento do PIB. O gasto do PIB também vai cair. O gasto por pessoa também vai cair porque a população deve crescer em 20 milhõess nesse período que a PEC vai estar vigente. e também nas outras áreas, cultura, agricultura, direitos humanos, agricultura familiar, os recursos minguarão", afirmou Dilma.

A presidenta rebateu o discurso do governo Temer que afirma que se gasta demais. "Ao contrário do que dizem, não tem gasto a mais. Não tem gastança na educação. Temos que investir mais. Pelo contrário, o Brasil ainda gasta menos em saúde e educação, do que se gasta os nossos vizinhos Argentina, Chile e Uruguai em termos proporcionais", salientou.

Questionada sobre o sentimento que tem contra os que conspiraram contra o seu mandato, Dilma disse que não tem "ódio", mas chamou Temer de "traidor".

"Eu não tive ódio de torturador, por que eu vou ter ódio de traidor nesse processo [de impeachment]?", afirmou ela, em referência ao período da ditadura militar, quando foi presa e torturada durante o regime militar. Segundo ela, o sentimento que a traição provoca é de "injustiça".

"Não se pode ter ódio das pessoas. O ódio faz com que você seja capturado pelo objeto que você odeia", afirmou.

Sobre os ataques que o presidente Lula tem enfrentado, Dilma afirmou que "há um objetivo claro de condená-lo na segunda instância".

A presidenta comentou ainda o tumulto causado por forças de segurança pública durante o momento em que ela foi votar, em Porto Alegre. Dilma disse que "não estará" na cidade e irá justificar o voto no segundo turno.

A confusão aconteceu após um juiz proibir o acompanhamento da imprensa. A ordem foi dada pelo juiz Niwton Carpes da Silva, da 160ª zona eleitoral de Porto Alegre, sob a justificativa de que Dilma não possui esse direito por não ser candidata nestas eleições e ser uma "cidadã comum".

No entanto, o juiz já havia chamado Dilma de "incompetente e desesperada" em seu perfil pessoal do Twitter, criado em março.
 

Do Portal Vermelho, com informações da Rádio Guaíba.

Nenhum comentário: