CEZAR CANDUCHO

Minha foto
TERRAS ALTAS DA MANTIQUEIRA., MG, Brazil

terça-feira, 18 de outubro de 2016

O que falta para o Dirceu sair - Ele já não é o "comissário" mais temível..


Depois da corajosa decisão do Ministro Barroso de soltar o Dirceu , o que falta para deixar a cadeia o temível “comissario”, segundo o notável historialista (ver no ABC do C Af:Historialismo), o dos múltiplos chapéus ?

O competente advogado de Dirceu, Roberto Podval entrou com um Habeas Corpus no Supremo.

Por quê?

Porque não há necessidade de mantê-lo preso.

O imparcial Moro, ou Savonarola, prendeu o Dirceu quando o Dirceu já estava preso.

Naquela altura, não havia ainda a decisão do Supremo de mandar para a cadeia na segunda condenação.

Agora, há.

E, com o perdão concedido pelo Barroso, deixa de haver a primeira condenação.

Vale somente aquela que lhe deu o imparcial de Curitiba.

Moro já o condenou uma vez e mantém em andamento uma segunda ação.

Se depender, apenas, do imparcial de Curitiba, Dirceu vai morrer na cadeia.

Mas, quem sabe, agora o Supremo possa preferir dar ao temível “comissário” o direito de se defender em casa.

Até porque, convenhamos, fora a fúria incansável do historialista e do Moro, Dirceu perdeu a serventia.

Ele já é mais o “comissariado” mais temível, o Beria da caverna petista.

Agora, há o Palocci, o da grana, e o Lula, o do domínio do fato.

Dirceu é um “ex”-comissário, digamos assim.

A verdade é que reviraram a vida e as contas do Dirceu e não acharam grana nenhuma.

Fazer uma reforminha na casa e viajar de graça no jatinho é um “estapafúrdio de desproporcionalidade”, diz o Podval, querer associar isso à roubalheira na Petrobras - que, como se sabe, instalou-se no imaculado Governo Fernando Henrique …

(Com exceção, é claro, daquele rachuncho do Paulo Henrique Cardoso, mas isso não virá ao caso.)

Como se sabe, o “JD” execrado no PiG, depois se soube, não era o “José Dirceu”...

Talvez, hoje, o Dirceu já não sirva mais como exemplo da vitória do Bem contra o Mal, que se trava na Vara de Curitiba.

Ele é o “comissário” “descomissionado”.

Nem o PT o defende mais!

O chefes da roubalheira petista vão mudando na Globo, como mudam os trombones da Casa Grande.

Dirceu é fósforo apagado, devem eles pensar.

O problema é que o Dirceu pensa…

E isso é o que faz o “comissário” perigoso.

E pensar ele pode pensar na cadeia – e fora dela…

Por exemplo.

Ele acha que a crise institucional é insuperável.

O Executivo é ilegítimo.

O Legislativo está desmoralizado.

E o Judiciário é insolúvel.

Qual a saída?

Tem que esperar ele sair da cadeia…

Ou redigir uma página psicografada…

PHA

***

Antes, o C Af havia publicado:

Barroso solta Dirceu

Mas Moro não deixa...

Do G1:


O ministro Luís Roberto Barroso, relator das execuções penais do chamado mensalão do PT no Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu nesta segunda-feira (17) o perdão da pena imposta ao ex-chefe da Casa Civil José Dirceu no processo do mensalão.

(...)

Barroso atendeu a pedido da defesa de Dirceu e seguiu parecer favorável à extinção da pena enviado ao STF pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

O ministro entendeu que o petista atendia aos critérios do chamado indulto natalino, decreto presidencial publicado anualmente, que prevê o perdão da pena para condenados que se encaixam em critérios previamente definidos.

Mesmo com o perdão da pena do mensalão, Dirceu permanecerá preso, em Curitiba, por envolvimento no esquema de corrupção investigado pela Operação Lava Jato.

*

Nenhum comentário: