CEZAR CANDUCHO

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

PTMG - Parabéns eterno presidente!


Nascido em Caetés, Pernambuco, Lula hoje completa seus 71 anos de vida, com uma história linda de lutas e vitórias. Não podemos apenas parabeniza-lo pelo seu aniversário, mas também por tudo que ele fez e contribuiu para que o nosso país saísse da linha da pobreza, entre tantas políticas publicas o crescimento de inúmeros jovens a ingressar na faculdade, e também de várias famílias a terem sua casa própria.
Durante seus dois mandatos como presidente, proporcionou uma melhor qualidade de vida aos brasileiros. Reduziu a inflação, aumentou o salário mínimo para o seu maior patamar nos últimos 40 anos, ampliou a capacidade dos investimentos do Estado, gerou 15 milhões de empregos.
Apesar das ações antidemocráticas, preconceituosas e conservadoras, como a votação da PEC 241, a perseguição ao presidente Lula e seus familiares, impondo aos brasileiros o retrocesso dos avanços conquistados nos últimos 13 anos, a vida do Lula é sempre algo que devemos nos orgulhar.
Em pesquisa realizada com as pretensões para as eleições de 2018, o presidente LULA está na frente. São os brasileiros sabendo que ele foi o melhor presidente desse país, que lutou por todos e para todos!
A presidenta do PTMG, Cida de Jesus, desejou feliz aniversário ao ex-presidente em nome de todo o diretório estadual. “Parabéns ao maior presidente da história do Brasil! Lula faz hoje 71 anos. Vida longa, Luiz Inácio Lula da Silva, grande líder do povo brasileiro!
O deputado federal Patrus Ananias, desejou feliz aniversário ao presidente pela sua rede social: “MEU ABRAÇO FRATERNO ao Grande Presidente que realizou uma inclusão sem precedentes em nosso país, tirou o Brasil do Mapa da Fome e reduziu a miséria como nunca antes. Ao Presidente que mais LUTOU para alcançar aquilo que prevê a Constituição Cidadã em seu terceiro artigo: “Construir uma sociedade livre, justa e solidária; garantir o desenvolvimento nacional; erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais; promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação””
O também deputado federal Adelmo Leão, escreveu para o presidente, salientando que apesar do momento triste que passamos no país, não podemos deixar nos abater e que hoje é dia de comemorar. “O maior presidente da história do nosso país completa, hoje, 71 anos de existência. Mesmo sendo um momento político triste para o Brasil, em que vivemos um golpe em nossa democracia e retrocessos em nossos avanços sociais, não podemos no deixar abater. Hoje é o dia de comemorar a vida de nosso grande exemplo de garra e perseverança: Lula. Além das felicitações pela ocasião, desejamos que você seja forte e que não desanime diante das dificuldades que, aqueles que não conseguiram chegar ao seu lugar, tentam lhe impor.
FELIZ ANIVERSÁRIO PRESIDENTE LULA!
“Se, ao final do meu mandato, todos os brasileiros tiverem a possibilidade de tomar
 café da manhã, almoçar e jantar, terei cumprido a missão da minha vida.”
Luiz Inácio Lula da Silva
Assessoria de Comunicação PTMG

***
***
***

Juventude ocupa escolas e universidades – Todos contra a PEC 241.



Já são mais de 1100 escolas, universidades e institutos federais ocupados em todo o Brasil, contrários à PEC 241, que congela por 20 anos os gastos públicos e que foi aprovada, em segundo turno, pela Câmara nessa última terça-feira (25). Em Minas Gerais há movimentos de resistência feitos pela juventude em todas as regiões do Estado.

Na região do Vale do Aço, cidades como Ipatinga já tem escolas ocupadas há mais de 48 horas. Na Escola Estadual Doutora Canuta Rosa de Oliveira Barbosa, localizada no Bairro Cidade Nobre, as lideranças do movimento afirmam que a ocupação deve durar mais alguns dias para reforçar o descaso do governo golpista.
A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) também está ocupada em Montes Claros, no Norte do Estado. A portaria da instituição, em protesto a PEC do Desmonte, está permitindo a entrada apenas de pedestres.
No Triângulo Mineiro, Uberlândia, Araguari e Ituiutaba também seguem com ocupações em diversas escolas. No sul de Minas, Alfenas, Poços de Caldas e Varginha são alguns dos exemplos de cidades que já tem prédios ocupados desde a última segunda-feira (24), pedindo NÃO à PEC 241.
Já na Zona da Mata mineira, os estudantes aprovaram a ocupação da Reitoria da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) na noite desta quarta-feira (26). Na página oficial do Facebook do movimento Ocupa UFJF foi publicado o posicionamento dos alunos que informaram que “após uma assembleia aberta o movimento escolheu, por maioria absoluta, ocupar a reitoria da Universidade”. Eles ainda informaram que, entre outras demandas, fariam a elaboração de uma nota contra a PEC 241. Na última sexta-feira (21), o Conselho Superior (Consu) da UFJF repudiou as mudanças pretendidas pela proposta do governo por considerá-la uma restrição aos direitos sociais.
Também na noite de ontem (26), no Campo das Vertentes, a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) fez uma assembleia decidindo pela ocupação, organizada pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE), que contou com a participação de representantes de cursos, professores e servidores da universidade.
As principais pautas foram de uma posição de greve e a ocupação geral da universidade, como forma de resistência à atual conjuntura política. Já que é um importante momento de posicionamento estudantil perante a PEC 241 e o golpe político sofrido no país com o impeachment da presidenta legitimamente eleita, Dilma Rousseff. “A PEC 241 é um ataque direto aos direitos de todos os trabalhadores”, disse André Mayer, professor e representante da Associação dos Docentes da Universidade Federal.
Priscila Moura, estudante de artes cênicas da UFOP, participa da ocupação que começou hoje (27) às 7hs. “Somos em média de 50 pessoas, e estamos com o apoio de professores que pretendem dar aulas públicas, oficinas. Nessa sexta-feira (28) terá a apresentação de um espetáculo.”
A estudante afirmou ainda, que o resultado da segunda votação na Câmara dos deputados já era esperada, mas que esse foi apenas o estopim para que fosse feita a ocupação. “Todo mundo estava esperando o momento. Algo ia dar o empurrão para as pessoas agíssemos e lutássemos pelos nossos direitos”, afirmou a Priscila.
Os ocupantes afirmam outras ocupações devem ocorrer, e que eles irão ficar até quando for preciso, e caso a Universidade paralise, estarão juntos pela mesma causa.
Gustavo Aguiar, Secretário de juventude do PTMG diz que “no momento em que um governo ilegítimo se prepara para pagar a conta do país à custa de setores que financiaram o golpe, a população acompanha uma forte reação, sobretudo de estudantes secundaristas”. Gustavo afirma também que “esse enfrentamento é contra as diversas medidas que estão sendo anunciadas e que trarão diversos prejuízos para nossa educação e saúde”. O ensino médio, segundo ele, “precisa sim ser reformulado, mas ele isso tem que acontecer através de diálogos, e com todos os envolvidos, não pode ser através de uma medida impositiva e decidida de cima pra baixo. Por isso essas ocupações tem nosso apoio”, finaliza o secretário.
Assessoria de Comunicação PTMG com informações Mídia Ninja
Foto Mídia Ninja

Nenhum comentário: