CEZAR CANDUCHO

sábado, 13 de fevereiro de 2016

Nota de repúdio a má-fé dos vazamentos seletivos da Lava-Jato.


A Secretaria Sindical Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) repudia veementemente a forma irresponsável como a grande imprensa e parte dos responsáveis pela Operação Lava-Jato, que apura denúncias de corrupção praticadas por executivos da Petrobras e empresários, se aliou para publicar matérias distorcidas e difamatórias.

Todas as matérias, baseadas em vazamentos “seletivos”, tentam atingir única e exclusivamente o PT e figuras de destaque e simbólicas do partido como o expresidente Luiz Inácio Lula da Silva, o que evidencia o objetivo golpista dos responsáveis pela operação. Espalham leviandades, dando à direita falsos argumentos que alimentam o rancor, o preconceito e o ódio de classe no País.

É um ataque à democracia e ao Estado de direito.

A Secretaria Sindical, que sempre lutou e continua lutando contra a corrupção, uma das principais bandeiras do movimento sindical brasileiro, exige que as denúncias de corrupção sejam investigadas de forma séria e transparente e que todos culpados sejam rigorosamente punidos. Exigimos também a apuração dos “vazamentos” e da difusão de falsas informações e a punição dos envolvidos neste esquema sensacionalista midiático.

É inaceitável que agentes do Estado, que deveriam respeitar os limites da Lei e da Justiça, se unam a oposição e a mídia para criminalizar pessoas, cujo maior crime é dedicar a vida à construção da democracia e defesa da classe trabalhadora.

Veja o texto na integra aqui

SECRETARIA SINDICAL

Nota de repúdio a má-fé dos vazamentos seletivos da Lava-Jato A Secretaria Sindical Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT) repudia veementemente a forma irresponsável como a grande imprensa e parte dos responsáveis pela Operação Lava-Jato, que apura denúncias de corrupção praticadas por executivos da Petrobras e empresários, se aliou para publicar matérias distorcidas e difamatórias.

Todas as matérias, baseadas em vazamentos “seletivos”, tentam atingir única e exclusivamente o PT e figuras de destaque e simbólicas do partido como o expresidente Luiz Inácio Lula da Silva, o que evidencia o objetivo golpista dos responsáveis pela operação. Espalham leviandades, dando à direita falsos argumentos que alimentam o rancor, o preconceito e o ódio de classe no País. 

É um ataque à democracia e ao Estado de direito. 

A Secretaria Sindical, que sempre lutou e continua lutando contra a corrupção, uma das principais bandeiras do movimento sindical brasileiro, exige que as denúncias de corrupção sejam investigadas de forma séria e transparente e que todos culpados sejam rigorosamente punidos. Exigimos também a apuração dos “vazamentos” e da difusão de falsas informações e a punição dos envolvidos neste esquema sensacionalista midiático. 

É inaceitável que agentes do Estado, que deveriam respeitar os limites da Lei e da Justiça, se unam a oposição e a mídia para criminalizar pessoas, cujo maior crime é dedicar a vida à construção da democracia e defesa da classe trabalhadora. 

Pelos direitos de cidadania e pela democracia ! 

Pelo fortalecimento e pela unidade do país ! 

Indalécio Wanderley Silva 
Secretário Sindical Nacional/PT

João Antonio Felício 
Presidente da CSI 
Membro do Coletivo da Sindical Nacional/PT 

Vagner Freitas 
Presidente da CUT Nacional 
Membro do Coletivo da
Sindical Nacional /PT

Sérgio Nobre 
Secretário Geral da CUT Nacional 
Militante da Sindical Nacional/PT Sindical Nacional /PT 

Nenhum comentário: