CEZAR CANDUCHO

Minha foto
TERRAS ALTAS DA MANTIQUEIRA., MG, Brazil

sábado, 10 de setembro de 2016

A grande imprensa hoje – clipping e análise.

estômago de aço

Estômago de Aço - Clipping diário da grande imprensa brasileira
Por Eder Casagrande, analista de mídia do Cafezinho.
Prezadas e prezados assinantes do blog O Cafezinho, temos o desafio de oferecer a vocês um clipping diário da grande imprensa brasileira, com ênfase nos editoriais políticos dos principais jornais, blogs e canais de TV. O conceito desta coluna é ajudar o internauta a ter uma ideia do que os grandes meios de comunicação, que em sua maioria são de orientação conservadora, estão fazendo, pensando, tramando. O título da coluna já diz tudo: estômago de aço. Nos comprometemos a ler com atenção os editoriais mais agressivos, as colunas mais abjetamente conservadoras, e fazer um resumo objetivo, sintético, para poupar o internauta desse sofrimento.
Este é um dos serviços exclusivos para assinantes do Cafezinho. Nas próximas edições, você terá de estar logado para poder ler as colunas.
Teori Zavascki disse que defesa do presidente Lula embaraça investigação da Lava Jato. Isso porque seus advogados têm entrado com alguns recursos, o que caracteriza esse "embaraço" dito pelo ministro e endossado pelo PIG.
O JN mostrou a sonora vaia do Temer.
Em relação às manifestações, a Globo continua não mostrando a força dos movimentos sociais, mas gasta um tempão associando os atos à violência e morte, na tentativa de colocar a opinião pública contra os atos, tomando o caso do cinegrafista da band, morto há quase 3 anos, como exemplo.
Cunha será julgado. Seus aliados disseram que defesa de Cunha usará regimento da Câmara para tentar livrá-lo da pena. Há comprometimento por parte de 9 partidos em compor o quorum necessário para a votação e possível cassação de Cunha.
Falou sobre as pautas que estão no congresso. O senado deve votar nos próximos dias a mudança na previdência e na legislação trabalhista. Senador Álvaro Dias disse que a "modernização" das leis trabalhistas devem ocorrer logo, porque segundo ele a atual atrapalha a relação capital x trabalhador. O que será que ele quis dizer com isso?!
STF, Lula e Dilma
Matéria enfatizou os 3 processos que o presidente Lula responde e salientou que a presidenta Dilma teve o pedido de anulação do impeachment negado. Sobre o Lula ainda, o enfoque do jornal é mostra-lo como alguém que dificulta investigação da PF e Sérgio Moro.
Destacou os manifestantes do RS que mudaram a letra do hino nacional substituindo algumas palavras por "Fora Temer".
Ressaltou que Eliseu Padilha e Gedel reconheceram as vaias como algo negativo ao governo.
Segundo o jornal, o governo só conseguirá amenizar as acusações de ilegitimidade feitas pela oposição se chamar atenção para o inimigo comum: a crise econômica.
Reforma trabalhista deve ser encaminhada ao Congresso até o fim do ano.
A correspondente em Brasília, Giovana Teles, disse que apesar da "obstrução" da oposição, as MPs da reforma ministerial e das privatizações (que ela chamou de parcerias de investimentos) foram aprovadas por 10 votos a 1. Resta agora ao Sr. Fora Temer sancioná-las.
Sardenberg sobre o IDEB brasileiro: "educar para produzir".
  • Folha de São Paulo
Governo Temer quer "permitir" contrato por hora trabalhada. Falando assim até parece que eles são pessoas sérias e estão preocupados com o trabalhador! #sqn
Teori nega pedido para anulação do impeachment
O editorial Poder destacou uma fala do ministro do STF com claras intenções de corroborar a acusação de que Dilma cometeu pedalada fiscal.
Temendo o crescimento das manifestações, governo fará publicidade para anunciar a reforma da previdência. A estratégia será a de convencer a população de que o atual sistema não se sustenta e que só uma reforma beneficiará as gerações futuras. A campanha deve ter início no próximo dia 20.
  • Estadão
Depois de STF negar pedido para anulação de seu processo, Cunha será cassado se placar da votação se confirmar.
CNI defende jornada de trabalho de 12 horas
Olha o que o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, disse sobre jornada diária de 12 horas de trabalho: “o cara vai para lá (referindo-se às obras no norte do país) para ganhar dinheiro e trazer para a família. Ele vai para lá para trabalhar 10 ou 12 horas por dia, e a Justiça não permite”.
É um lindo, não?
Entenda a ligação entre o ministro Geddel, a JMalucelli e 30,6 milhões de reais
PF resgata ligações de 2012 que ligam o ministro da Secretaria do Governo Geddel Vieira Lima a Fábio Cleto, delator da Lava Jato e Lúcio Funaro, preso na Operação Sépsis e operador de propina de Cunha.
  • O Globo
Exaltação ao STF - No texto de hoje Merval exaltou o poder do STF nos casos de Lula, Dilma e Cunha.
Evidentemente a maior parte do texto é dedicada a Lula e Dilma. Segundo Merval é possível identificar uma tendência dos ministros do supremo no que diz respeito ao pedido de anulação do processo de impeachment da presidenta, negado ontem, assim como a recusa de Zavascky sobre Lula ter seu processo retirado do juiz Sérgio Moro na primeira instância de Curitiba.
Por fim fala sobre a decisão do supremo por 10 votos a 1 a favor da sessão de julgamento da cassação de Eduardo Cunha.
  • O Antagonista 
Contágio petista - Eles estão chamando de “contágio petista” a possível nomeação da advogada Grace Mendonça para a AGU.
De igual modo, dizem que ainda tem petista na parede e que Temer precisa tirá-los, fazendo referência a Ricardo Berzoini, ministro das comunicações do governo Dilma e que ainda consta na relação de ministros no site do governo.
Temer demitiu hoje todos os assessores diretos do governo Dilma.
  • Blog do Reinaldo Azevedo
Para Azevedo, a necessária reforma trabalhista não foi bem comunicada ao trabalhador; não existe precarização do trabalho, isso é conversa de petista e movimento social!
Sobre as manifestações lideradas por Boulos, e sobre o manifesto contra a PM, ele procura desqualificar o número de participantes, além de isentar à PM da violência exaustivamente conhecida (e sentida) por nós.
  • Blog do Camarotti
Cerca de 30 deputados do PSD devem votar pela cassação de Cunha. Essa inesperada debandada deixou a situação delicadíssima, indicando a concretização de sua cassação.
  • Blog do Ricardo Noblat
 Noblat comemorou o que ele chama de vitória do governo quando da aprovação das MPs que reduzem o número de ministérios a 26, assim como a MP sobre a expansão das concessões públicas, leia-se, privatizações!
Ao passo que o governo caminha em direção ao perdão dos partidos e empresários que fizeram caixa dois, restará a Cunha, se condenado no início da semana que vem, delatar seus comparsas.
Bom dia e até amanhã!
*

Nenhum comentário: