CEZAR CANDUCHO

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

PTMG - CUT promove Dia de Paralisação, quinta-feira, em todo Brasil.


CUT promove Dia de Paralisação, quinta-feira, em todo Brasil.
O “esquenta para a greve geral” movimentará as centrais sindicais em diversas cidades do País para impedir a retirada de conquistas dos mais pobres.
A Central Única dos Trabalhadores ( CUT) promove o Dia Nacional de Paralisação e Mobilização das Categorias na próxima quinta-feira (22). O ato reunirá centrais sindicais em todo o país para impedir a retirada de conquistas dos mais pobres.
Os ministros do usurpador Michel Temer já defenderam uma jornada de 12 horas diárias, apoiam a terceirização sem limites, além de mais tempo de trabalho para poder se aposentar.
“O dia 22 será o esquenta para uma greve geral, que vai acontecer se o governo Temer – odesgoverno Fora Temer – pensar em retirar qualquer direito das categorias. A greve significa a união de todas as categorias. É a unificação da luta na proposta do enfrentamento ao golpe.”, diz o presidente da CUT, Vagner Freitas.
O presidente da CUT ainda ressalta que o “preço do golpe é a repressão policial, a criminalização dos movimentos sociais. Temos que derrubar e extirpar o governo golpista. A melhor forma de fazer isto é chamando eleições diretas”, diz.
Vagner também comenta que o projeto de terceirização é o “nome bonitinho” para chamar o desemprego.
“Temer está dizendo que vai mandar para o Congresso Nacional a reforma da Previdência. Significa estabelecer idade mínima de aposentadoria para homens e mulheres de 65 anos. Por incrível que pareça, em alguns estados do Brasil, tem gente que não vive 65 anos. Está dizendo que vai ter uma medida que vai impedir a pessoa de aposentar, porque a média de vida é menor que a idade da aposentadoria”, explica.
O enfrentamento contra o golpismo, contra a retirada de direitos e pelas Diretas Já acontecerá em todo o país.
Veja a programação completa em nossa agenda.
Foto e fonte: Agência PT de Notícias
***
***
***

MARGARIDA SALOMÃO LANÇA SEU PLANO DE GOVERNO.
Margarida Salomão lança seu Plano de Governo.
A deputada federal Margarida Salomão e candidata à Prefeitura de Juiz de Fora lançou seu plano de governo oficialmente, na noite da última quarta-feira (14).  Para demonstrar que a sua intenção é construir uma Juiz de Fora em que todos tenham o mesmo direito à cidade, ela recebeu em seu comitê central ilustres convidados como a arquiteta, urbanista e Professora da USP, Ermínia Maricato, o advogado e professor da Faculdade de Direito da UFJF, Frederico Riani, deputado estadual Professor Neivaldo, e secretária adjunta de Desenvolvimento Agrário do Estado de Minas Gerais, Fabíola Silva.
Dentre os convidados à mesa, a arquiteta Ermínia Maricato destacou o problema histórico do ensino universitário do Brasil, onde não há uma representação da realidade das cidades. Principalmente em questões sociais, para Ermínia, existe um liberalismo na sociedade escravocrata, onde a regulamentação do serviço doméstico, por exemplo, chegou somente há dois anos.
A arquiteta também lembrou a questão da desigualdade social nas cidades, que se torna visível quando nas periferias estão presentes uma maior concentração de pessoas negras. Além da precariedade e muitas vezes a falta do que caracteriza a vida urbana, como água, esgoto, iluminação pública, drenagem, coleta de lixo e pavimentação. Ainda temos a falta de toda a parte de equipamentos, como escolas, creches, quadras de esportes e lazer. Por esse motivo, há um desequilíbrio na questão da escolaridade e da renda da população periférica em relação ao resto da sociedade. Temos também uma maior concentração de famílias chefiadas por mulheres.


Ermínia destacou também que as epidemias de doenças como a dengue, febre Chikungunya e Zika vírus tem ligação direta com o processo de urbanização, com a falta de saneamento, drenagem e o acúmulo de água onde não deveria ter. Além também do descaso das autoridades em relação aos rios e riachos que têm suas margens desmatadas, e quanto à qualidade da água e do ar que ajudam a diminuir a expectativa de vida dos cidadãos que habitam os grandes centros.
O orçamento participativo também foi lembrado pela professora Ermínia, que deu ênfase a importância do conhecimento da população sobre a votação do orçamento na câmara de vereadores. Para que se tenha um maior controle de onde vai a aplicação do dinheiro público do município e qual a melhor maneira de gastar a verba cedida pelos Governos Federal e Estadual.
Conheça o Plano de Governo
Assessoria de Comunicação Margarida Salomão
***
***
***

CANDIDATA A REELEIÇÃO EM IPATINGA, CECÍLIA FERRAMENTA QUER MAIS INVESTIMENTO EM EDUCAÇÃO.
Candidata à reeleição em Ipatinga, Cecília Ferramenta quer mais investimentos em Educação.
Comerciantes e moradores da Avenida Carlos Chagas, no bairro Cidade Nobre, declararam apoio às propostas do Plano de Governo da prefeita Cecília Ferramenta, candidata à reeleição, e do candidato a vice-prefeito pelo PT-13, Agnaldo Bicalho, na manhã desta sexta-feira (16/09). Os avanços na Educação e Desenvolvimento foram os temas principais abordados durante as conversas.
Dentre as mais de 200 obras realizadas na cidade de 2013 até agora, a área da Educação recebeu grande parte dos investimentos no atual governo da prefeita Cecília Ferramenta. Duas novas creches foram construídas e estão funcionando, mais sete estão com obras em andamento, duas novas escolas são erguidas no Game e Esperança e todas as unidades da rede de ensino receberam reformas e melhorias. “Fizemos muita coisa até agora e temos os melhores projetos para continuar melhorando a qualidade de vida da população”, garantiu Cecília Ferramenta, recebendo manifestações de apoios.
A empresária Luciene Soares, de 44 anos, mora em Ipatinga há 20 anos e lembrou que nenhuma escola foi construída na cidade durante muito tempo. “A cidade voltou a crescer em 2013, depois de ficar parada e abandonada. A prefeita Cecília Ferramenta batalha muito para garantir investimentos na cidade e, por isso, merece o meu voto no 13”, declarou, ao lado de vários moradores que também agradeceram as obras de pavimentação e iluminação pública realizadas na Avenida Carlos Chagas e, também, em diversas regiões da cidade.
Assessoria de Comunicação | Cecília Ferramenta 13.

Nenhum comentário: